Trilhas na cidade grande

Conheça as melhores trilhas no meio da natureza para caminhar em São Paulo 

Caminhar no meio da mata fechada e ouvir o barulho dos bichos em uma das maiores metrópoles do mundo é possível, sim. A cidade de São Paulo pode até parecer totalmente tomada pelos prédios e avenidas, porém alguns cantinhos da natureza ainda são reservados na cidade e proporcionam paz, tranquilidade e atividades físicas em meio a imensidão e ao caos gerado por seus mais de 20 milhões de habitantes. 

O Parque Estadual do Jaraguá, localizado na Serra da Cantareira, é um verdadeiro tesouro da história de São Paulo, além de manter tribos indígenas locais, abriga o Pico do Jaraguá com seus 1.135 m de altitude, o ponto mais alto da cidade. No parque existem três trilhas escondidas pela Mata Atlântica. A Trilha do Pai Zé é uma caminhada de cerca de dois quilômetros pela mata até o pico da montanha, o nível é bastante dificultoso, principalmente considerando as subidas e descidas constantes. 

Trilha no Pico do Jaraguá

Já a Trilha do Silêncio, é indicada para pessoas com mobilidade reduzida, idosos e crianças, pois apesar de também ser cercada por árvores e trechos de terra, foi construída com acessibilidade para todos. É necessário agendamento prévio, durante quase uma hora de caminhada, os guias acompanham e explicam sobre as árvores e sons no trajeto. A Trilha da Bica, ainda no Parque Estadual do Jaraguá, possui 1,5 Km de ida e volta e seu principal atrativo, além dos macacos pelo caminho, é a nascente de água, esta é a trilha mais procurada pelos aventureiros de plantão da cidade grande. 

O Parque Estadual da Cantareira também abriga encantadoras trilhas camufladas pela Mata Atlântica. A Trilha da Cachoeira é composta por três cachoeiras, a Cachoeira do Tombo, Cachoeira do Engordador e Cachoeira do Véu, tem como grande atrativo também um tronco de Embaúba que precisa de mais de seis pessoas para a abraçar seu envolto. Além de plantas e animais, como macacos-sauá e bugio e o bicho preguiça a trilha é riquíssima em seu estado de preservação natural. No total são aproximadamente 3 km de trilha, contando ida e volta circular, em 1h30 de caminhada autoguiada e monitorada. 

O Núcleo Pedra Grande, pertencente ao Parque Estadual da Cantareira abriga a Trilha da Pedra Grande, habitada por muitos macacos e quatis. Seu ponto mais alto fica a 1.010 metros de altitude e de seu ápice é possível avistar o Pico do Jaraguá, a cidade de Guarulhos e, dependendo das nuvens e da atmosfera, a Serra do Mar. Possui como atrativos, além do trajeto, um mirante, o Lago das Carpas e o museu Casa de Pedra. O percurso de aproximadamente 9 km é feito em três horas, na média. 

Bem mais curta do que as outras, porém bastante reveladora, no Parque Ecológico do Guarapiranga, existe a Trilha da Vida, proporcionando aos visitantes uma experiência única. De olhos vendados, o trilheiro percorre 65 metros explorando o olfato, tato e a audição meio a natureza. Sempre com monitoramento e orientação, é recomendado que se tire os saoatos para caminhar pelo bosque. Perceber os detalhes e analisar suas percepções, cada um a seu modo é um ótimo exercício para a mente e o corpo.

Virginia Moreira

Pé na Estrada