Roteiros de cinema

Confira destinos de longas famosos

Quem nunca assistiu a filmes e se encantou com a beleza das paisagens naturais ou urbanas? Um exemplo foram as locações da trilogia O Senhor dos Anéis, na Nova Zelândia. Todas de tirar o fôlego! Por isso, destacamos alguns lugares usados por filmes de destaque e que vão te dar aquela vontade de arrumar as malas e viajar pelo mundo. Confira:

Paris

Uma das cidades mais românticas e que já foi palco de inúmeros filmes, como O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2002). Grande parte das cenas são rodadas no bairro Montmartre. O café onde ela trabalha existe de verdade, e fica na 15 Rue Lepic (esquina com a Rue Cauchois), e se chama Café des Le Deux Moulins. Outro longa de destaque na cidade e que também conta com a atriz Audrey Tautou é O Código Da Vinci (2006). No filme, Robert Langdon, interpretado por Tom Hanks, é um professor de iconografia religiosa e simbologia da Universidade de Harvard que vai até Paris para auxiliar nas investigações da morte do curador do Museu do Louvre. Não precisa nem dizer que temos overdose de cenas tanto da cidade quanto do museu.

Não podemos deixar de mencionar a obra de Woody Allen: Meia Noite em Paris (2011). No filme, Gil, vivido por Owen Wilson, sempre idolatrou os grandes escritores americanos e sonhou ser como eles. A vida o levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que fez com que fosse muito bem remunerado, mas também lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora, ele vai a Paris ao lado de sua noiva, Inez, interpretada por Rachel McAdams, e dos pais dela, John e Helen. Lá, ele faz, todas as noites, uma viagem pela Paris dos anos 1920.

Paris

Cenas de Meia Noite em Paris

Roma

Em Comer Rezar Amar (2010), Julia Roberts, no papel da Elizabeth Gilbert, foca a gastronomia italiana. Entre diversos pontos do roteiro, ela começa na Piazza Navona, que foi construída sobre um estádio, o Stadio di Domiziano, em 85 D.C. Na praça, tem a igreja Sant’Agnese in Agone, onde a personagem aparece tomando sorvete.

Na onda de homenagear cidades, destacamos outro de Woody Allen, o Para Roma com Amor (2012). O longa é dividido em quatro partes. Em um deles, um casal americano (Woody Allen e Judy Davis) viajam para Roma para conhecer a família do noivo de sua filha. Outra história envolve Leopoldo (Roberto Benigni), um homem comum que é confundido com uma estrela de cinema. Um terceiro episódio retrata um arquiteto da Califórnia (Alec Baldwin) que visita a Itália com um grupo de amigos. Por último, temos dois jovens recém-casados que se perdem pelas confusas ruas de Roma.

Roma

 Roma foi palco do filme Comer Rezar Amar com Julia Roberts

Barcelona

O diretor Woody Allen homenageou primeiro uma das cidades mais importantes da Espanha: Barcelona. Em Vicky Cristina Barcelona (2008), duas amigas, Vicky (Rebecca Hall) e Cristina (Scarlett Johansson) passam férias em Barcelona. Vicky está noiva e é sensata nas questões do amor. Cristina é pura emoção e movida a paixão. Durante uma exposição de arte, as duas se encantam com o pintor Juan Antonio, interpretado por Javier Bardem, que as convida mais tarde, durante um jantar, para uma viagem. O que elas não sabiam é que o galante sedutor mantém um relacionamento problemático com sua ex-esposa, Maria Elena vivida por Penélope Cruz. E as coisas ainda ficam piores porque as duas, cada uma de sua forma, se interessam por ele, dando início a um complicado "quadrado" amoroso com a bela cidade como pano de fundo.

Outro filme que se passa na cidade espanhola é Albergue Espanhol (2003) e traz a trajetória de Xavier (Romain Duris), que tem 25 anos e está terminando o curso de Economia. Um amigo de seu pai lhe oferece um emprego no Ministério da Fazenda, mas, para assumir o posto, o rapaz precisa saber a língua espanhola. Ele decide acabar seus estudos em Barcelona, para aprender a língua. Para isso, vai ter que deixar Martine (Audrey Tatou), sua namorada há quatro anos. Ao chegar na cidade, Xavier procura um apartamento no centro da cidade e acha um com mais sete estudantes, todos estrangeiros. Com eles, Xavier vai descobrir a autonomia e a sexualidade e iniciar a vida adulta. É também uma ótima produção para que deseja fazer intercâmbio.

Barcelona

 Vicky e Cristina jantam no restaurante Els 4 Gats – construído em 1896 por Josep Puig i Cadafalch, um dos destaques da arquitetura do modernismo – situado no miolo do Bairro Gótico, na Carrer Montsió 

Rio de Janeiro

Muito além de Tropa de Elite e Cidade de Deus, até o agente James Bond já pisou na cidade maravilhosa. Foi em 007 Contra o Foguete da Morte (1979), que o protagonista, interpretado por Roger Moore, luta contra serpentes gigantes, enfrenta as cataratas, descobre o Carnaval e enfrenta o vilão em cima do bondinho do Pão de Açúcar.

Rio de Janeiro

Roger Moore como o agente 007 em cena da briga no Bondinho do Pão de Açúcar 

Até os longas de animação, como Rio (2011) e Rio 2 (2014), que conta a saga de Blu, uma arara azul, retratam o melhor e o pior da cidade dos cariocas. 

Nova Iorque

Bonequinha de Luxo (1961), O Diabo Veste Prada (2006), Uma Noite no Museu (2006) e Cisne Negro (2011) são filmes de diferentes épocas, que retratam uma Nova Iorque deslumbrante e ao mesmo tempo caótica.

No primeiro, Holly Golightly, vivida por Audrey Hepburn, é uma garota de programa nova-iorquina que está decidida a se casar com um milionário. Perdida entre a inocência, ambição e futilidade, ela toma seus cafés da manhã em frente à famosa joalheria Tiffany’s, na intenção de fugir dos seus problemas. Seus planos mudam quando conhece Paul Varjak (George Peppard), um jovem escritor bancado pela amante que se torna seu vizinho, com quem se envolve.

Já O Diabo Veste Prada foca na trajetória profissional de Andrea Sachs, interpretada por Anne Hathaway, uma jovem que conseguiu um emprego na Runaway Magazine, a mais importante revista de moda de Nova York. Ela passa a trabalhar como assistente de Miranda Priestly, vivida por Meryl Streep, principal executiva da revista. Apesar da chance que muitos sonhariam em conseguir, logo Andrea nota que trabalhar com Miranda e em Nova Iorque não é tão simples assim.

O longa Uma Noite no Museu tem como protagonista Ben Stiller no papel de Larry Daley, que arranja um emprego de segurança noturno no Museu de História Natural da cidade. Logo em seu primeiro turno coisas estranhas começam a acontecer: esqueletos de dinossauros e estátuas de cera começam a ganhar vida. Em meio ao caos instalado no museu, a única pessoa que pode ajudá-lo é a estátua de cera de Theodore Roosevelt, vivido por Robin Williams, que, assim como os demais, também ganha vida. É diversão garantida misturada com aprendizado.

Nova Iorque

O Museu de História Naural de Nova Iorque é palco de filme com o ator Ben Stiller

Em contrapartida, o Cisne Negro traz como pano de fundo a história de Beth MacIntyre (Winona Ryder), a primeira bailarina de uma companhia que está prestes a se aposentar. O posto fica com Nina, interpretada por Natalie Portman, mas que possui sérios problemas pessoais, especialmente com sua mãe. Pressionada por Thomas Leroy (Vincent Cassel), um exigente diretor artístico, ela passa a enxergar uma concorrência desleal vindo de suas colegas, em especial Lilly, vivida por Mila Kunis. Em meio a tudo isso, busca a perfeição nos ensaios para o maior desafio de sua carreira: interpretar a Rainha Cisne em uma adaptação de O Lago dos Cisnes. A protagonista utiliza o metrô da cidade para ir de sua casa aos ensaios.

Tarcila Zonaro

Pé na Estrada