Balada, discoteca ou danceteria, o que importa é cair na pista

Casas noturnas para público maduro ganham espaço no circuito paulistano

Estabilidade financeira, tempo disponível, vontade de curtir da vida e gosto pela vida noturna. Este é o perfil do novo adulto maduro, que depois de passar a vida inteira voltado apenas ao trabalho e a segurança familiar, se viu com disposição para aproveitar a noite como fazia, ou talvez nunca tenha feito. Divorciados, solteiros por opção ou casal com animação de sobra, o cenário das baladas está se voltando cada vez mais para vocês, e seja disco, rock’n roll, samba ou MPB, as opções para agradar a este público exigente e com gosto definido são diversas e criativas. 

A veterana e tradicional Limelight atrai seus fiéis e numerosos curtidores há anos, a música dos anos 1980 embala a noitada com um bufê de sushi até a meia noite e café da manhã a partir das 4 horas, já inclusos no valor da entrada. Decorada com muitas cores, tipicamente oitentista, a pista de dança é grande, possui camarotes e lounge. Para sair do chão, a balada, localizada na Vila Olímpia, garante suor, flashback e diversão para o público bastante animado.  

No mesmo circuito da agitação, a The History é uma das preferidas entre os maiores de 30 anos. Brilhante por luzes de LED, globo de espelhos e lasers cortando a casa à la Embalos de Sábado a Noite, nesta balada não tem como ficar parado, as músicas te levam de vota aos anos 1970 e 1980, com uma forte dose de new wave e pop rock nacional. Localizada na Vila Olímpia, esta noitada merece atenção ao vestuário, pois é comum o interesse em encontros e paqueras pelos seus frequentadores. Há opções no cardápio e áreas mais tranquilas para manter uma conversa, ou descansar os pés.      

Acalmando um pouco, mas sem perder a diversão, o bar Charles Edward, no Itaim Bibi, oferece uma vasta carta de whisky e aperitivos. O clima de pub europeu, com decoração sóbria e peças de relíquias proporciona aconchego, calor e bem-estar, a boa pedida é para quem quer desfrutar de uma boa conversa, com bons drinks e ouvir a banda de rock ao vivo. O pub também dispõe de happy hour para quem quiser aproveitar o começo da noite em dias da semana, ideal para conhecer gente nova. Às quartas-feiras mulher tem entrada vip e homens 20% de desconto com agendamento prévio. 

Saindo do circuito São Paulo e indo para a cidade litorânea Rio de Janeiro, existe uma das casas noturnas mais recomendadas para o público adulto e cult, a Rio Scenarium. Instalada num antigo casarão, o charme e a decoração chamam a atenção, dentro do mesmo espaço funcionam bar, restaurante e pista de dança, com o pé direito alto e os três salões maravilhosos. Antiquário durante o dia, a noite abre as portas para a vida noturna, o palco recebe shows e o andar de cima música, do jazz, ao pop e MPB. O lugar recebe muito turista estrangeiro e artistas, um dos célebres frequentadores da casa foi cantor Sting, vocalista do The Police, há alguns anos atrás. Já foi eleita a melhor casa da noite, em 2012, pelo Prêmio Noite Rio.

Luiza Souza

night club

Pé na Estrada